Trilha integração e inclusão acontece no próximo mês, em Indaiatuba

 Hoje eu estive presente na coletiva de imprensa realizada pelo Jeep Clube para falar sobre a trilha que vai acontecer no mês de abril e que tem a estimativa de receber cerca de 150 pessoas com deficiencia de seis entidades da cidade. Já há 30 anos promovendo eventos em prol de entidades beneficentes, a instituição, realiza no próximo dia  1º, a Trilha da Integração e Inclusão, que vai reunir trilheiros, jipeiros, motociclistas, ciclistas, grupos de caminhada, ongs e a comunidade visando apenas um objetivo: viabilizar a inclusão de pessoas com deficiência.

 Esta data foi escolhida, pois o Dia do Jeep é celebrado no dia 04 de abril. Com uma programação bem diversificado o evento vai contar com exposições, apresentações artísticas, esportivas, shows de música e um passeio pela zona rural de Indaiatuba. A concentração do encontro está programada para ocorrer a partir das 8h, no Pavilhão da Viber.

  As pessaos que  adquirirem previamente seu Kit Trilha – composto por camiseta, adesivo e almoço - devem retirar na Viber, a partir das 8h. Antes do início da trilha, os grupos farão exercícios de aquecimento com os alunos de Educação Física da Faculdade Max Planck e assistirão apresentação do Grupo Escoteiros Indaiá, que entoará o hino nacional. A previsão para saída é 9h30.

 Para os que não quiserem participar da trilha, podem visitar a exposição de canhões e viaturas do Exército e do Corpo de Bombeiros, carros antigos do Clube do Fusca e Opalas e mostra de Jipes.  Outras atividades que acontecerão no local são: apresentação do Grupo de Operações com Cães da Guarda Civil de Indaiatuba, basquete com cadeira de rodas, promovido pelo Gaadin (Grupo de Ajuda dos Amigos Deficientes de Indaiatuba) e parede de escalada com o Grupo Escoteiros Indaiá.

 Alunos de diferentes cursos da Faculdade Max Planck vão estar presentes para ajudar. A Gastronomia dará suporte na preparação das refeições, assinadas pelo Sapore di Pasta. No cardápio: galinhada ou cubos de cupim. A turma de Fisioterapia promoverá algumas atividades, entre elas: alongamento, avaliação postural, eletromiografia e quick massage, a turma de Marketing será responsável pela apresentação do evento, já o curso de Educação Física, além de preparar o grupo para a caminhada, realizará uma aula aberta de Zumba. Alunos da Engenharia se dividirão entre o estande montado no espaço, com exposição de robô e de um braço robótico - desenvolvidos em sala de aula - e no suporte, caso seja necessário, na manutenção dos jipes durante o passeio, haverá ainda uma exposição de animais taxidermizados e orientação sobre zoonoses com os alunos da Medicina Veterinária.

 Depois da chegada do grupo, prevista para meio-dia, estão programadas diversas vivências inclusivas, entre elas futebol de cegos, jogo de bocha com a Casa de David, exposição de artesanato do projeto Gente Eficiente do Comdef (Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência), apresentação do Grupo de Balé da APAE Indaiatuba, participação dos medalhistas paraolímpicos da Associação Paraolímpica de Indaiatuba (APIN) e para fechar a tarde, shows com bandas de rock. No local haverá ainda estandes do Convênio Samaritano, Jeep Balilla, Faculdade Max Planck, Trailer Bike, Escoteiros, APAE, OAB, Casa do Vidro e das entidades participantes do evento. “A proposta de todas estas atividades é proporcionar a interação entre pessoas com e sem deficiência, mostrando que é possível sim conviver em harmonia”, ressalta o presidente do Jeep Clube, Wagner Selegrin.

 Os interessados a participarem tanto da trilha quanto do almoço podem adquirir seu kit, que inclui ainda camiseta e adesivos, no valor de R$70. Já os que optarem somente pela trilha, com direito a camiseta, o valor é de R$ 40,  e os que quiserem apenas o almoço, o valor será R$35. A venda antecipada dos kits tem início nesta quarta-feira, 8 de março, no Posto Tre Fratelli, em Indaiatuba; na Invec, em Campinas; ou na fan page do Jeep Clube. Vale ressaltar que parte da verba arrecadada será destinada a custear o almoço de 150 jovens e crianças atendidos pelas entidades assistenciais previamente cadastradas no evento.
Visando garantir a segurança do passeio, as polícias Militar e Ambiental acompanharão o grupo durante toda trilha, bem como o Grupo de Caminhada Indaiandando, Federados Moto Clube Indaiatuba, Moto Clube Nazestradas e Jeep Clube Indaiatuba, que também prestarão auxílio aos participantes.

Saiba mais sobre o percurso
 * Ponto de partida da trilha: Rua Almirante Tamandaré (em frente a Viber)
 * Segue pela Avenida Conceição (direção do Parque Ecológico) e retornando na altura do Colégio Objetivo pela avenida Engenheiro Fábio Roberto Barnabé.
 * Depois passa pela Avenida Presidente Kennedy, Avenida dos Trabalhadores e Visconde de Indaiatuba, com uma parada na Jeep Balilla.
 * Em seguida, segue para Itaici até o Quilombo, passando pela Trilha da Luzia e retornando pela Estrada Municipal José Boldrini, Visconde de Indaiatuba e Almirante Tamandaré.

De acordo com a organização do evento todo o percurso tem 20 km.

 Vale ressaltar que a Trilha da Integração e Inclusão é realizada pela Associação Off Road Cultura e Lazer Jeep Clube de Indaiatuba, tem parceria de Exército Brasileiro, Polícia Militar Estado de São Paulo, Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, Polícia Florestal de Campinas, Guarda Civil de Indaiatuba, OAB Indaiatuba, Grupo Escoteiros de Indaiatuba, Federados Moto Clube, Moto Clube Nazestradas, Grupo de Caminhada Indaiandando e ACI (Associação de Ciclistas de Indaiatuba). Patrocínio de Jeep Balilla, PHS Samaritano Saúde, Trailer Bike, Faculdade Max Planck, Luxafit, Tre Fratelli, Kostela do Japonês, Laboratório Dra. Edna Jaguaribe, DM & MC Vidros, Casa do Vidro e Eco Lavanderia Clean e apoio de Prefeitura Municipal de Indaiatuba.

 Para mais informações entrar em contato pelos telefones: (19) 99778 4875 e (19) 98121 6090. Ou pela página do Jeep Clube
 



07/03/2017 às 13:00 Notícia Nenhum comentário
Alyne Cervo

Sou jornalista apaixonada pela minha profissão. Gosto muito de ler, principalmente os livros dos autores Augusto Cury e Roberto Shinyashiki.

COMENTAR O POST





Pesquisar por:

Modo de Exibição

  Estendido   Compacto

Alyne Cervo

Alyne Cervo

Desde pequena tinha o sonho de ser jornalista. Sempre fui muito falante, curiosa e gostava de me manter informada. Quando pude optar qual a profissão que iria seguir, o jornalismo foi a minha opção. Agora tenho o compromisso de informar vocês.

Publicidade

Redes Sociais