Resenha: Linha Portier Gourmet

 A marca Portier é bem conceituada no mercado de cosmeticos e uma grande referência entre as blogueiras de beleza. Isso é fato!

 Mas o que é bom e o que não é nessa coleção inspirada em comida? Bom, dai já são outros quinhentos. Sem puxar a sardinha, amei tudo dessa linha. Já faz uns dois meses que ganhei os produtinhos mara da marca em um evento realizado pela gatissima Daniela Comitre. Buuuuuut, como sempre estou em salão, eventos, fotos, parceiros, acabo tendo dificuldade de testar tudo com rapidez. 

 E, particularmente, gosto de fazer os testes dos produtos com calma e ver o que me agrada. Enfim, cheguei ao fim de testes com todos os cremes da coleção e vim aqui falar desta experiência. Sou fascinada por cheiro, isso é a primeira coisa que me atrai. Depois a eficiência do produto e quanto tempo ele costuma deixar o aspecto e textura proposta em seu rótulo. 


Foto das bisnagas da marca Portier

 As cinco bisnagas da marca que são Shoyu Capilar, Ketchup Capilar, Mostarda Capilar, Maionese Capilar e Barbecue Capilar, foram aplicadas em meu cabelo e segui tudo conforme o explicativo atrás de cada uma, mas as que eu notei um resultado eficaz foram a Shoyu Capilar, que trouxe muito brilho e maciez, além de um cheiro maravilhosoooo e a Mostarda Capilar. As demais, eu gostei, mas não ficaram tão boas no meu hair. Eu esperava mais. Mas, vai de cabelo pra cabelo né gente?!

Potes da Linha


Trio Gourmet de cremes 

 Agora, os potes da linha eu amei, apenas o Moça que não notei tanto o resultado assim. Porém o Fermento e o MEALIZA, gostei bastante. Tenho que dizer que de todos o que mais amei foi o MEALIZA ( que creme milagroso é esse minha gente?!). Um efeito perfeito que quem usa não fica sem. Super indico esse pra todo mundo que quer um cabelo divo. Bom, é isso ai! Parabéns Portier por essa linha maravilhosa :)
 

21/08/2017 às 23:00 Beleza Nenhum comentário
Alyne Cervo

Sou jornalista apaixonada pela minha profissão. Gosto muito de ler, principalmente os livros dos autores Augusto Cury e Roberto Shinyashiki.

COMENTAR O POST





Pesquisar por:

Modo de Exibição

  Estendido   Compacto

Alyne Cervo

Alyne Cervo

Desde pequena tinha o sonho de ser jornalista. Sempre fui muito falante, curiosa e gostava de me manter informada. Quando pude optar qual a profissão que iria seguir, o jornalismo foi a minha opção. Agora tenho o compromisso de informar vocês.

Publicidade

Redes Sociais