PROCON ORIENTA CONSUMIDORES PARA EVITAR GOLPES NA BLACK FRIDAY

 O Procon de Indaiatuba orienta os consumidores para fazerem pesquisas de preços antes da Black Friday. Uma equipe do Procon local percorreu comércios da região central na manhã de quinta-feira (16) para coletar preços de produtos. A pesquisa prévia tem o objetivo de possibilitar comparações de valores dos produtos ofertados para evitar a chamada “maquiagem de preços”. A Black Friday acontece no dia 24 de novembro no Brasil, inspirada na tradição americana, que consiste em uma grande baixa de preços no comércio em geral e marca o início das compras natalinas. 

 A iniciativa do Procon de reforçar as orientações com relação aos cuidados necessários para garantir boas compras na data, é baseada em reclamações de consumidores que se sentiram lesados nos anos anteriores. Qualquer compra feita no período do evento seguem as normas do Código de Defesa do Consumidor.

 O problema mais comum registrado pelo órgão de defesa do consumidor é com relação a comércios que elevam o preço de seus produtos e baixam na data para parecer uma oferta. Por isso a recomendação de se fazer uma pesquisa antecipada, guardar folhetos e encartes publicitários e, quando a compra for online, dar um print da tela para se resguardar de provas. Para compras via internet a Fundação Procon de São Paulo disponibiliza a relação de sites não confiáveis. 

 Vale a pena, também, o consumidor realizar comparação de preços entre empresas participantes e não participantes do Black Friday, reduzindo o risco de cair em falsos descontos.

 É preciso exigir a nota fiscal na hora da compra, pois é com ela que o consumidor fará valer os direitos de garantia em caso de defeito, vício aparente ou oculto no produto adquirido.

 O Procon orienta, ainda, que na hora da compra o consumidor solicite que seja acrescentado na nota fiscal tudo o que for acordado com o vendedor, como por exemplo política de troca (produtos para presente, cores, modelos, etc.) e prazo de entrega.

 Outro ponto importante é planejar as compras e não se esquecer que no início do ano os gastos aumentam com o IPTU, IPVA e material escolar. 

 O Procon de Indaiatuba além de dispor de atendimento técnico na relação de consumo também dispõe de fiscalização estando totalmente a disposição dos consumidores.

 As denúncias podem ser realizadas no Procon Indaiatuba de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, pessoalmente na avenida Francisco de Paula Leite, 2.263, no Jardim Kyoto, ou por telefone no (19) 3834-7601 e 3835-6200.
 

 

16/11/2017 às 18:00 Outros Nenhum comentário
Alyne Cervo

Sou jornalista apaixonada pela minha profissão. Gosto muito de ler, principalmente os livros dos autores Augusto Cury e Roberto Shinyashiki.

COMENTAR O POST





Pesquisar por:

Modo de Exibição

  Estendido   Compacto

Alyne Cervo

Alyne Cervo

Desde pequena tinha o sonho de ser jornalista. Sempre fui muito falante, curiosa e gostava de me manter informada. Quando pude optar qual a profissão que iria seguir, o jornalismo foi a minha opção. Agora tenho o compromisso de informar vocês.

Publicidade

Redes Sociais