Prefeito eleito em São Paulo afirma que continua a promessa de campanha de aumentar a velocidade nas marginais

 O prefeito eleito João Doria (PSDB) vai cumprir no dia 25 de janeiro a promessa de elevar a velocidade das Marginais. No aniversário da cidade, os limites para carros voltarão a ser de 90 km/h nas pistas expressas das Marginais do Tietê e do Pinheiros, 70 km/h nas pistas centrais da Tietê e 60 km/h nas pistas locais de ambas as Marginais, com exceção da faixa à direita, que permanecerá com limite máximo de 50 km/h em toda a extensão.

 Para veículos pesados, como caminhões e ônibus, nada muda: permanecerão as máximas atuais de 60 km/h nas pistas expressas e centrais e 50 km/h nas locais. A gestão tucana também não vai alterar as regras válidas para as motocicletas, que continuarão vetadas nas pistas expressas da Tietê. Nesse caso, promete-se aumentar a fiscalização com uso do radar-pistola. Serão 14 só para flagrar motociclistas que não cumprem as normas, 24 horas por dia.

 A equipe que vai comandar o tráfego na capital já anunciou o Programa Marginal Segura, que, além da alteração nas velocidades, prevê uma série de mudanças nas áreas de sinalização, socorro e proteção a pedestres. Segundo o futuro secretário de Transportes e Mobilidade, Sérgio Avelleda, o conjunto de intervenções começará a ser implementado amanhã e inclui a instalação de gradis e lombadas elevadas para travessia de pedestres (chamadas de lombofaixas), de guias rebaixadas para cadeirantes e alta do efetivo de agentes de trânsito.

 Este programa prevê elevar em 52% o efetivo da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que atua nas Marginais, alcançando 259 agentes – 89 a mais que o número atual, segundo a equipe tucana. A operação da companhia se dará em três bases operacionais e, de acordo com a futura gestão, não terá custos para a Prefeitura, que receberá doações de empresas para pôr o projeto em prática – os nomes das companhias não foram informados.

 Consideradas “medidas mitigadoras” por Avelleda, as lombofaixas, por exemplo, serão instaladas prioritariamente nas vias perpendiculares de acesso às Estações da Linha 9-Esmeralda da CPTM, que corta parte da Marginal do Pinheiros. O plano é atuar em 20 pontos com alta concentração de pedestres na Pinheiros e em outros dez, na Marginal do Tietê.

 Já os 65 metros de gradis previstos para serem instalados nas esquinas das vias que sofrerão intervenções vão alongar o trajeto do pedestre. Nestes locais, não será permitida uma travessia linear. O pedestre terá de entrar na via de acesso e caminhar até a lombofaixa para poder atravessar – e só depois retornar ao percurso original. 

Fonte: O Estado de São Paulo

01/01/2017 às 11:00 Notícia Nenhum comentário
Alyne Cervo

Sou jornalista apaixonada pela minha profissão. Gosto muito de ler, principalmente os livros dos autores Augusto Cury e Roberto Shinyashiki.

COMENTAR O POST





Pesquisar por:

Modo de Exibição

  Estendido   Compacto

Alyne Cervo

Alyne Cervo

Desde pequena tinha o sonho de ser jornalista. Sempre fui muito falante, curiosa e gostava de me manter informada. Quando pude optar qual a profissão que iria seguir, o jornalismo foi a minha opção. Agora tenho o compromisso de informar vocês.

Publicidade

Redes Sociais