Óticas Ipanema investe em novo aparelho da Zeiss que permite maior precisão das lentes

A Óticas Ipanema está cada dia inovando e pensando na saúde visual dos seus clientes. Por isso, esta semana foi a vez de instalar a nova versão do equipamento da marca alemã, Zeiss. O objetivo é disponibilizar para as pessoas um produto com o máximo de precisão e qualidade, priorizando o conforto e necessidade individual de cada um. 

 Quarta estive na Ótica Ipanema gravando a instalação do I. Terminal Mobile 2 e mostrei um pouco no instasnap, mas hoje vim aqui explicar como funciona e qual o beneficio desse aparelho. Durante uma entrevista com o Fabio Gaspar que é líder de área da região de Campinas da Zeiss ele me explicou sobre a vantagem dessa nova tecnologia.

 “O equipamento I. Terminal já existe há mais ou menos 12 anos que a Zeiss já trabalha com ele aqui no Brasil. Nós tinhamos uma versão anterior que é chamada de RVT que as Óticas Ipanema já possuía. Agora, eles {Óticas Ipanema} estão fazendo uma atualização, mesmo porque, uma das coisas que a Zeiss vem fazendo é se preocupando cada vez mais com a saúde visual. Então, a gente nota que a maioria dos pontos de vendas hoje tem alguns equipamentos chamados de pupilômetro e esse equipamento acaba sendo obsoleto, pois ele consegue pegar a medida dos olhos, mas na forma estática. Em contrapartida, o I. Terminal além de pegar as medidas que um pupilômetro realiza ele também pega duas paralaxes diferentes que é rotação de cabeça da pessoa e inclinação de cabeça. O equipamento em si consegue medir 20 parâmetros diferentes, enquanto o pupilômetro consegue apenas um.”


Fábio Gaspar ao lado do I. Terminal Mobile 2 na Óticas Ipanema da Praça Prudente de Moraes

 Diferente dos aparelhos tradicionais usados, o I. Terminal Mobile 2, é capaz de captar mais medidas e trazer com clareza a visão das lentes feitas a partir da aferição de medidas por essa nova tecnologia.“Se a gente fizesse uma simulação com o pupilômetro no rosto de alguém. Ele vai olhar no aparelho e a medida é fixa. Quando você coloca as lentes frente a armação que o cliente escolheu e ele tem movimento de rotação ou de inclinação essas medidas elas vão se perder. Por isso, muitas vezes o cliente chega na loja e no momento da adaptação inicial ele vira para o consultor da loja e diz que não está conseguindo se adaptar, a imagem está desfocada ou que se ele mexer a cabeça ele enxerga melhor. Tem uma série de pequenos detalhes que os equipamentos tradicionais não conseguem pegar. “, explica Fábio.

 Em cerca de cinco segundos o cliente pode ter suas medidas sendo realizada ou na própria torre do aparelho ou via iPad e em cerca de um minuto o consultor consegue realizar todo o pedido e dispensar o cliente. O procedimento é muito rápido e o aparelho pode tirar a medida de cinco pessoas ao mesmo tempo.“Um ponto muito importante dessa versão que nós chamamos de mobile é que a loja em si consegue ter realmente uma mobilidade muito grande. Enquanto um consultor usa a torre para fazer a tomada de medidas, o outro simplesmente com o próprio tablet através da captura da câmera do próprio iPad consegue estar realizando medidas de forma simultânea. Então o equipamento ele tem uma torre, mas ele consegue se multiplicar em cinco tomada de posição diferente. Portanto, até cinco consultores consegue utilizar o aparelho de modo simultâneo.”, ressalta.

 O equipamento vem com mascaras de calibração da Zeiss que é utilizado sobre a armação do cliente. Colocar o cliente em frente a máquina e pedir que estique as mãos para medir a distancia dele do equipamento. Na sequencia pede para olhar fixamente para a câmera que ele vai ver uma luz vermelha e, em seguida, avisar para que não pisque, pois é acionado um flash. E pronto, a captação foi feita. 


Mascara de calibração
 
As Óticas Ipanema já possuíam a versão anterior do aparelho, mas a nova versão traz diferenciais cruciais para uma visão limpa ou seja sem nenhuma distorção, de acordo com o Fábio Gaspar. “A versão anterior do equipamento tirava medidas que a gente classifica como padrão. Então era medido o DNP {distância naso pupilar} e a CO {centro ótico} que é a posição da pupila na superfície da armação. Esse novo equipamento além de ter o cuidado de calcular essas medidas ele também consegue definir o tamanho da horizontal da armação, o tamanho da ponte que é a junção do meio da armação, rotação e inclinação de cabeça, distancia vertice {quanto a armação está distante ou próxima dos seus olhos}, angulo de inclinação da armação frente ao rosto e consegue entender a curvatura real da armação. As vezes o mercado se preocupa tanto na curvatura da lente e esquece de olhar o angulo panorâmico para que as pessoas possam usufruir de uma distância panorâmica livre de distorções.”


Versão anterior (à direita) e a versão nova do I. Terminal (à esquerda)
 
 O diferencial desse equipamento é que agora ele pode se comunicar dentro dos consultórios oftalmológicos através da tecnologia e o seu médico pode ter acesso a tudo que está sendo realizado pela ótica. Faz com que a ótica e o consultório se conversem. “Essa versão de equipamento ela vai se comunicar com a tecnologia que nós lançamos recentemente chamada I Scription. Então hoje tradicionalmente o medico oftalmologista quando ele faz a prescrição de uma lente ou uma correção refrativa para o paciente dele a receita ela vem pré definida com uma dioptria de 0 em 0,25 de óptros. A Zeiss hoje consegue criar uma lente onde a sua graduação é manipulada de 0,01 de óptros e o equipamento do doutor na clinica vai conseguir se comunicar com o equipamento dentro da loja. Assim, faz com que a tecnologia I Scription também parta do consultório do oftalmologista para que assim o paciente tenha cada vez mais uma lente com mais precisão.”, relata Fabio sobre a praticidade e precisão do equipamento.

 Além disso, no RVT, I. Terminal, como era chamado o primeiro equipamento, a torre era estática. Já nessa nova versão, ela se movimenta podendo assim retirar a medida de qualquer pessoa. “O equipamento hoje ele foi desenvolvido para pegar desde um cadeirante, uma criança a partir de 1,30 de altura até um europeu quando a gente classifica ai uma altura de dois metros. Ele consegue tomar a medida independente da altura consumidor. Diferente do equipamento antigo que é fixo.”


Equipamento em uma altura baixa 


Equipamento na altura mediana 


Equipamento erguido no máximo de altura


 Dez lojas da Óticas Ipanema {sob comando do dono da rede, Silvio Luiz Ferreira} vão estar com essa tecnologia. As unidades do Cambuí, Francisco Glicério e Praça Prudente de Moraes já estão instaladas o aparelho, nas restantes vão ser instaladas. As lojas franqueadas ainda não tem o equipamento e cada uma delas podem ou não aderir a tecnologia. Super legal não é? Fiquei encantada! Muito prático, rápido e eficiente o procedimento. As Óticas Ipanema sempre pensando na humanização e inovando para satisfazer os seus clientes.


Primeiro cliente a utilizar do equipamento na Óticas Ipanema
 

16/06/2017 às 08:00 Tecnologia Nenhum comentário
Alyne Cervo

Sou jornalista apaixonada pela minha profissão. Gosto muito de ler, principalmente os livros dos autores Augusto Cury e Roberto Shinyashiki.

COMENTAR O POST





Pesquisar por:

Modo de Exibição

  Estendido   Compacto

Alyne Cervo

Alyne Cervo

Desde pequena tinha o sonho de ser jornalista. Sempre fui muito falante, curiosa e gostava de me manter informada. Quando pude optar qual a profissão que iria seguir, o jornalismo foi a minha opção. Agora tenho o compromisso de informar vocês.

Publicidade

Redes Sociais