No final do mês de maio acontece mais uma edição da Corrida e Caminhada mais Vida

A 11ª Edição da Corrida e Caminhada Mais Vida 3M Boldrini,  acontece no dia 22 de maio, com largada às 8 horas, na Praça Arautos da Paz, Taquaral. Toda a renda obtida com as inscrições será em benefício do Centro Infantil Boldrini, que investirá no Programa do Diagnóstico Precoce do Câncer da Criança. 

 A corredora Eliete Malta ou Mulher Maravilha, como é conhecida nas pistas com mais de 300 pódios, é uma das participantes. Ela tem um envolvimento com o hospital desde 1984. Quando ela tinha apenas 11 anos,foi uma das pacientes da primeira fase do Boldrini, quando este ainda funcionava em uma casa no Cambuí. 

 Apesar de se identificar com as corridas de rua desde a época da escola, a motivação para se tornar uma atleta surgiu de fato com o convite do Clube Recreativo Sumaré, onde Eliete frequentava. A primeira corrida oficial que participou foi a Integração, depois a São Silvestre em 2002. E ela foi se destacando em várias cidades; integrou grandes equipes em São Paulo e com inúmeras vitórias. Na carreira conquistou 126 vezes a primeira colocação no pódio, seis delas da Corrida Mais Vida prol Boldrini, que ela considera como sendo as vitórias mais importantes. A atleta participou da Maratona da Disney, em Orlando. Eliete também é voluntária no hospital desde 2001, levando alegria para as crianças em tratamento.

 O percurso da corrida contempla algumas das principais avenidas de Campinas, como Norte-Sul e Orosimbo Maia. Já a caminhada é realizada ao redor da Lagoa do Taquaral. As inscrições para a corrida podem ser feitas através do site, havendo variação dos valores conforme forem esgotando os lotes: promocional, 85 reais; 1º lote, 90 reais; 2º lote, 100 reais; e 3º lote, 110 reais.


Saiba um pouco da história do Boldrini

 Maior hospital da América Latina no atendimento a portadores de doenças onco-hematológicas da criança e do adolescente, localizado em Campinas (SP), o Centro Boldrini atualmente atende cerca de 10 mil pacientes, a maioria (80%) pelo Sistema Único de Saúde (SUS), vindos de várias cidades brasileiras e alguns de países da América Latina. Um dos hospitais mais avançados do país, o Boldrini reúne alta tecnologia em diagnóstico e tratamento clínico especializado, com índice de cura de 70% a 80% em alguns tipos de câncer − comparáveis ao Primeiro Mundo, disponibilidade de leitos e atendimento humanitário às crianças portadoras dessas doenças.  

27/04/2016 às 12:00 Notícia Nenhum comentário
Alyne Cervo

Sou jornalista apaixonada pela minha profissão. Gosto muito de ler, principalmente os livros dos autores Augusto Cury e Roberto Shinyashiki.

COMENTAR O POST





Pesquisar por:

Modo de Exibição

  Estendido   Compacto

Alyne Cervo

Alyne Cervo

Desde pequena tinha o sonho de ser jornalista. Sempre fui muito falante, curiosa e gostava de me manter informada. Quando pude optar qual a profissão que iria seguir, o jornalismo foi a minha opção. Agora tenho o compromisso de informar vocês.

Publicidade

Redes Sociais